Loading…

Consultoria de imagem para quem?

Sua imagem é sua marca, investir nela é investir em você!
saiba mais

Uma nova era para a Imagem Corporativa

Falar de imagem no ambiente de trabalho sempre foi um de meus temas preferidos, tanto por ser parte muito presente na minha vida, como por ter um aspecto educacional que eu gosto bastante de desenvolver.

Contudo, no mundo globalizado em que vivemos, até os padrões mais tradicionais e que pareciam imutáveis, estão passando por processos de mudança, adaptação e adequação à novas rotinas. Uma sociedade mais moderna e cada vez menos formal vem surgindo juntamente com suas startups de tecnologia e um pedido urgente de respeito à individualidade.

Em seu mais recente livro – Chic Profissional – Gloria Kalil desfaz boa parte desses antigos conceitos sobre imagem corporativa e traz para nós leitoras, consumidoras de informação de moda e etc, uma visão mais relacionada ainda ao bom senso do que de fato a um código de vestimenta.

Gloria conta que notou uma queda nos seus serviços de elaboração de dress code, e daí partiu para um estudo com várias pessoas e entendeu que o momento que vivemos não permite mais que a empresa “mande” na vestimenta de seu colaborador. Acima de tudo a personalidade a individualidade de cada um precisa ser respeitada.

Claro que em algumas profissões isso ainda é assunto delicado – advogados e demais integrantes do Judiciário, por exemplo. Mas via de regra o que vale na hora de sair pro trabalho é pensar o look do dia muito mais relacionado ao conjunto que envolve: Rotina + gosto pessoal + bom senso do que apenas o que seu chefe quer que você vista.

Vale ressaltar que é super importante fazer auto-crítica e pensar se de fato estamos alinhados com Visão, Missão e Valores da empresa em que trabalhamos, se aquela roupa está adequada para o ambiente – formal / informal – e se a imagem que você quer passar ao mundo, de fato está representada na sua vestimenta.

Você é sua própria marca, pense na sua imagem como um elemento de carreira, auto-estima, representatividade e expressão, que acaba ficando mais fácil se entender, entender em quais contextos você vive sua rotina e como se adequar a cada um deles.

 

 

Leave a Reply